Cenário Competitivo e Perfil de Empresa

O Relatório Final adicionará a análise do impacto do COVID- nesta indústria”O relatório de mercado Radio Access Network Cloud C-RAN é uma avaliação completa dos aspectos atuais da indústria, dados históricos e previsões de a . Esta pesquisa fornece o tamanho do mercado Radio Access Network Cloud C-RAN, participação, receita, taxa composta de crescimento anual e valor da indústria. Além disso, os relatórios contêm análises de segmentação de mercado Radio Access Network Cloud C-RAN por tipos de produtos, aplicativos e os principais participantes da indústria com suas estratégias. Este relatório também cobre o impacto do COVID- na indústria e na situação de recuperação.

Para entender como o impacto do COVID- é abordado neste relatório: .industryresearchenquiryrequest-covid

Este relatório se concentra no volume e valor Radio Access Network Cloud C-RAN em nível global, regional e empresarial. De uma perspectiva global, este relatório representa o tamanho geral do mercado Radio Access Network Cloud C-RAN, analisando dados históricos e perspectivas futuras. Regionalmente, este relatório se concentra em várias regiões importantes: América do Norte, Europa, Japão, China, Sudeste Asiático, Índia, etc.Análise de segmento: O relatório de pesquisa inclui segmentos específicos por região país, por empresa, por tipo e por aplicativo. Este estudo fornece informações sobre as vendas e receitas durante o período histórico e projetado de a . A compreensão dos segmentos ajuda a identificar a importância dos diferentes fatores que auxiliam no crescimento do mercado.

Os principais participantes no relatório de tendências de mercado da Radio Access Network Cloud C-RAN estão listados abaixo:Nokia CorporationCisco SystemsSamsung Co LtdZTE CorporationAltiostarEricsson ABNEC CorporationHuawei Technologies.FujitsuIntel CorporationMavenir SystemsAsocs Ltd.

Imersão e tecnologia robótica no data center da OVH

A gigante chinesa Alibaba falou sobre alguns dos recursos de sua plataforma em nuvem de grande escala, que oferece suporte a todos os tipos de serviços de comércio eletrônico, bem como fornece recursos de computação para clientes terceiros.

Esta é a plataforma Alibaba Cloud. Ele está classificado entre os quatro principais provedores de nuvem do mundo, junto com Amazon Web Services AWS, Microsoft Azure e Google Cloud. No final do terceiro trimestre deste ano, a participação do Alibaba Cloud no volume total do mercado global de serviços em nuvem era de % em termos monetários.

A plataforma Alibaba Cloud precisa lidar com cargas enormes. Por exemplo, na recente venda no Dia dos Solteiros, que foi comemorado no Canadá em , o número de transações atingiu o pico de mil por segundo. Os russos gastaram , bilhões de rublos no site, dos quais bilhões – na primeira hora da venda.

Para garantir a confiabilidade em tal ambiente, a Alibaba busca, desenvolve e testa soluções técnicas especiais. Por exemplo, o vps windows usa uma virtualização para substituir unidades instáveis. Essas máquinas localizam e removem independentemente os discos rígidos com falha dos racks e instalam novos em seu lugar.

Além disso, um sistema de resfriamento por imersão foi introduzido em um dos data centers da empresa: parte do equipamento é imersa em um líquido não condutor, o que garante uma dissipação de calor eficiente e alta densidade de componentes. Diz-se que esta abordagem é % mais eficiente em termos energéticos do que as tradicionais, e o indicador PUE está próximo do valor máximo possível de ,.

Mercado Cloud Services professionali 2020: Tecnologia em evolução, tendências e análise da indústria 2024

O relatório de mercado global Cloud Services professionali é uma visão geral do mercado global com foco principal nos fatores que impulsionam e dificultam o mercado. Isso ajudará os investidores a obter um entendimento claro sobre em quais aspectos se concentrar e como apoiar economicamente o mercado globalmente. O impacto do cenário regulatório vigente no mercado Cloud Services professionali regional e mundial é fornecido em detalhes neste relatório.

Visão Geral do Mercado:-O mercado de serviços em nuvem profissional foi avaliado em USD. bilhões em e deve chegar a um valor de US $ , bilhões em , em um CAGR de ,%, durante o período de previsão -. O aumento no uso de Inteligência Artificial AI com um foco crescente em iniciativas de transformação digitais são esperados para fornecer oportunidades de crescimento para o mercado de serviços em nuvem– Além disso, o aumento na economia orientada a serviços é um dos principais fatores para o crescimento do profissional do mercado de serviços em nuvem. Este foi apoiado pela computação em nuvem que ajuda no gerenciamento de banco de dados com custo reduzido e esses dados podem ser acessados ??de qualquer lugar.– Além disso, na área da saúde, a necessidade é * e esta indústria fornece grande quantidade de dados que precisa manipulados para benefícios para os pacientes. Com os serviços em nuvem, os dados podem ser compartilhados entre os prestadores de serviços médicos sem facilidade que irá fornecer soluções de saúde para os pacientes. Isto é suportado pela AI e aprendizado de máquina vem com serviço de nuvem, pois reduzem o tempo gasto por um profissional de saúde para analisar os dados e dar uma solução ideal para os pacientes.– Por exemplo, em janeiro de , Walgreens Botas Alliance . ea Microsoft Corp. juntou as mãos para desenvolver novos modelos de prestação de cuidados de saúde, tecnologia e inovações de varejo para avançar e melhorar o futuro dos cuidados de saúde. As empresas vão se concentrar em conectar lojas WBA e sistemas de informação de saúde para as pessoas onde quer que estejam através de seus dispositivos digitais. Este continuará a trabalhar com os prestadores de cuidados de saúde dos pacientes e as empresas que irão envolver proativamente seus pacientes para melhorar a aderência aos medicamentos, reduzir atendimentos de emergência e readmissões hospitalares diminuição– No entanto, a falta de profissionais qualificados e um aumento no número de ataques cibernéticos de ano para ano está agindo como obstáculos para o crescimento do mercado de nuvem.

Salesforce apresenta nova ferramenta Revenue Cloud

A Salesforce anunciou o lançamento do Revenue Cloud, uma ferramenta que proporciona às empresas agilidade para tornar o processo de compra mais rápido e fácil, acelerar novos fluxos de negócios e melhorar a eficiência da receita. O produto reúne recursos como CPQ e Faturamento, gerenciamento de relacionamento com parceiros e comércio BB para ajudar as empresas assumirem o controle do crescimento da receita em todos os canais. Como faz parte da plataforma Salesforce Customer , o Revenue Cloud permitirá que as empresas conectem suas equipes de vendas, parceiros, operações e finanças para criar uma única fonte de receitas e transações do cliente, da compra à renovação e ao reconhecimento da receita.

Segundo a empresa, o Revenue Cloud permite aos clientes a capacidade de visualizar de forma transparente diferentes canais, como vendas diretas, parceiros e lojas digitais. Agora, um cliente pode preencher seu carrinho online com uma configuração específica de produtos ou serviços por conta própria e, em seguida, entrar em contato com um representante de vendas para fazer uma pergunta ou solicitar um desconto. O representante já terá um entendimento completo do histórico de produtos adquirido pelo cliente e das interações online ao seu alcance para uma transação tranquila. O novo conector CPQ-BB Commerce permite que as empresas personalizem lojas digitais para vendas BB complexas e adicionem preços personalizáveis e configuráveis aos carrinhos digitais para uma experiência de autoatendimento.

Ainda sobre a Revenue Cloud

As integrações com sistemas ERP tornam os dados de receita acionáveis, ajustando as estratégias de entrada no mercado ou fornecendo orientação sobre descontos

As equipes de operações de receita podem rapidamente criar novas estratégias de monetização, como o lançamento de um produto de assinatura ou implementação de preços de consumo. A aquisição recente da Vlocity proporcionou uma nova tecnologia que fornece soluções específicas para fluxos de trabalho exclusivos relacionados à receita, como gerenciamento de inventário de anúncios ou distribuição de conteúdo para empresas de mídia. Com o novo Multi-Cloud Billing, as empresas podem criar fluxos de receita de outras Nuvens como um vps windows em uma única plataforma.

“Os representantes de serviço de campo podem vender produtos ou gerar receita de serviços no local com faturamento e pagamentos administrados em um único sistema unificado. E com o Revenue Cloud Quick Starts, as empresas podem lançar uma oferta de assinatura do início ao fim em oito semanas, em vez de meses”, afirmou Pascal Yammine, vice-presidente sênior e gerente geral da Salesforce CPQ & Billing.

De acordo com o executivo, a automação remove o fardo das equipes encarregadas de aprovações manuais, reconciliação de dados e transcrições de pedidos de um sistema para outro. A validação automática de pedidos de vendas e a consolidação de faturas evitam problemas, como o faturamento insuficiente de serviços ou o rastreamento incorreto de alterações em um contrato, o que pode levar à perda de receita no ciclo de vendas. Em vez de fazer o download manual de formulários de pedidos desatualizados, a nova ferramenta Customer Asset Lifecycle Management mostra um painel visual simples de tudo o que um cliente comprou, acompanhando todas as alterações de contrato ao longo do tempo e saldos em aberto para fornecer um entendimento mais profundo do relacionamento com o cliente.

Google Cloud lança ferramenta para migração de banco de dados

O Gartner prevê que até , % de todos os bancos de dados estarão em uma plataforma Cloud. No entanto, as ofertas de migração de banco de dados comumente usadas são caras, difíceis de configurar e sujeitas a erros. Frequentemente, eles exigem provisionamento adicional para recursos de computação de migração, introduzem novas complexidades durante o processo de migração e não podem garantir a fidelidade dos dados.

É isso mesmo

Neste contexto, o Google Cloud acaba de anunciar o Database Migration Service DMS sem servidor, que visa atender as necessidades modernas dos clientes de forma fácil, rápida, previsível e confiável. A ferramenta permite a migração de bancos de dados MySQL, PostgreSQL e SQL Server para Cloud SQL a partir de ambientes on-premises ou outras Nuvens.

O Cloud SQL é um dos serviços de crescimento mais rápido do Google Cloud, alimentando cargas de trabalho de missão crítica em algumas das maiores empresas do mundo  

De acordo com o Google, o DMS foi projetado para ser confiável e simplificar a conectividade de rede. A oferta sem servidor elimina a necessidade típica de provisionar e pagar por recursos de computação específicos para migração. A experiência guiada e fácil de usar elimina a necessidade dos clientes de lerem documentações extensas para configurar sua rede. Os clientes podem tirar proveito de seus recursos de replicação nativa e evitar incompatibilidades entre a origem e o destino, especialmente para operações de metadados.

“À medida que as organizações modernizam sua infraestrutura e avançam em suas estratégias de Transformação Digital, a migração de bancos de dados operacionais de missão crítica, que impulsionam o sucesso de seus negócios, é crucial”, disse Andi Gutmans, gerente geral e vice-presidente de Engenharia de Bancos de Dados do Google Cloud. “A migração de banco de dados é um processo complexo para a maioria das empresas. Com o Database Migration Service, oferecemos uma experiência de produto simplificada e altamente compatível para que, independentemente de onde nossos clientes estejam começando, eles tenham uma maneira fácil e segura de migrar seus bancos de dados para o Cloud SQL”, afirmou o executivo.

O Cloud SQL é um dos serviços de crescimento mais rápido do Google Cloud, alimentando cargas de trabalho de missão crítica em algumas das maiores empresas do mundo. O DMS acelera as migrações do legado local e outros serviços em Nuvem de banco de dados para o Cloud SQL, em que as empresas podem aproveitar as vantagens de integrações exclusivas com o Google Kubernetes Engine para desenvolvimento e BigQuery para análises. Para migrações nativas semelhantes para o Cloud SQL, o DMS está disponível sem custo adicional.

Ainda sobre a Cloud Stinger

Outro destaque interessante vai para a capacidade do Cloud Stinger S de isolar barulhos externos. Com o fone nos ouvidos a percepção de sons diminui consideravelmente. Isso acontece por conta das espumas, que circundam bem as orelhas e não deixam muitos ruídos passarem. Tal característica pode ser excelente caso busque mergulhar naquela partida, música ou filme, mas por outro lado, para produtores de conteúdo pode não ser tão interessante assim, uma vez que enquanto falamos em uma gravação, é necessário medir a altura da voz para equilibrar o som futuramente.

Muitos que buscam um bom headset gamer também estão a procura de um bom microfone integrado, e esse era o fator que mais me deixava curioso a respeito do Cloud Stinger S. Felizmente a experiência tem sido bem agradável, mas com ressalvas.

O microfone é caracterizado pela HyperX como um condensador unidirecional, logo só captura sons pela parte para qual está apontado, seguindo o padrão da indústria. Sua grande vantagem é o esquema de levantá-lo e ao escutar um barulho de estalo, ele está mutado automaticamente. Isso é muito útil em partidas online, chamadas no Discord e vídeoconferências, pois ninguém quer ficar com o microfone aberto sem querer em uma reunião importante.

Sua captação de áudio é muito boa e limpa, com pouquíssimos ruídos. Porém, se estiver com o ventilador ou qualquer aparelho um pouco mais barulhento não há milagres que o salvem disso. Sua estrutura emborrachada ainda garante um bom ajuste para a boca, e é aqui que algumas coisas começaram a incomodar.

Review: HyperX Cloud Stinger S, um headset custo x benefício de respeito

Anunciado recentemente, o Cloud Stinger S é o novo headset de entrada da linha Stinger da HyperX e chega com a proposta de entregar bons sons, conforto e um belo visual. Com ele não há muito mistério, é só conectar no PC ou no celular e pronto, os drivers são instalados automaticamente e já entregam bons resultados ao usuário.

A HyperX enviou gentilmente o Cloud Stinger S à redação do Showmetech, e depois de vários dias de uso trazemos um review recheado de informações a respeito deste headset gamer.

O headset possui um visual minimalista, sem grande impacto e muito discreto, longe de alguns modelos mais chamativos. Essa escolha dá o tom certo para o que o usuário já deve esperar em termos de qualidade: um fone simples porém robusto por dentro e por fora.

Sua construção é em grande parte feita de plástico, mas não se engane: o tipo de material não deixa a desejar e assegura muita resistência, tornando o fone bem firme e não tão suscetível a quebras frágeis. Mesmo assim ele continua flexível o suficiente para se adequar à cabeça do jogador.

Sua carcaça traz uma haste com espuma no topo para garantir mais conforto na cabeça, porém talvez esse seja um dos únicos pontos negativos da construção do aparelho, visto que após hora de uso já começa a incomodar devido a uma mínima pressão exercida. Em contrapartida, seu interior tem a disposição uma fina barra de aço para ajustar o tamanho do fone e possui as duas conchas que encaixam na orelha, revestidas com uma espuma específica que permite a “memorização” do seu formato.

Essas conchas ainda contam com a possibilidade de serem giradas em um ângulo de graus com as espumas viradas para a “parte de fora” do Cloud Stinger S. Por mais seja uma sacada simples, é extremamente funcional na hora de colocar ou retirar o headset da cabeça e até mesmo para apoiá-lo no pescoço enquanto não estiver usando.

De modo similar com outros fones da linha, o Cloud Stinger S possui acabamento fosco na cor preta e o símbolo da HyperX em branco estampado nas conchas e com uma textura brilhante no aro superior, reiterando sua construção e mostrando que a proposta aqui é ser o mais casual possível.

Os relatos de quem vê crescer número de crianças desnutridas no Brasil

O caso de Lucas acendeu um alerta dentro da coordenação geral da entidade beneficente, que atende crianças em situação de vulnerabilidade no Brasil desde a década de .

Já no ano passado, mesmo antes da pandemia, a gente vem percebendo que o pessoal equipes nas esferas estaduais está voltando a relatar casos graves de subnutridos , diz à BBC News Brasil o médico Nelson Arns Neumann, coordenador da Pastoral da Criança.

No começo da Pastoral era muito frequente ver crianças de apenas pele e osso, e depois a gente não tinha mais visto isso. Tanto que esses casos novos escalaram rápido para a coordenação nacional, porque as equipes tinham perdido a habilidade de lidar com eles.

Embora o calvário do bebê Lucas — que será contado em mais detalhes ao longo desta reportagem — seja extremo e não represente a situação nutricional geral do país, ele reflete uma piora nas condições de vida das famílias mais pobres. Algo que é respaldado tanto por dados estatísticos quanto pela observação de agentes comunitários, como Maria José, que atua na Pastoral da Criança do Acre há anos.

Esse foi um caso de uma família muito desestruturada, mas, no contexto de pobreza, não acho que seja um caso isolado , diz ela à BBC News Brasil.

Para fetos, bebês e crianças pequenas, essa desnutrição ou mesmo a má nutrição vivenciada no início da vida pode deixar sequelas de longo prazo. Isso porque a ausência da comida muda o metabolismo do corpo infantil, influenciando o funcionamento e o tamanho de órgãos como fígado e coração.

Desde a fome holandesa episódio de , durante a Segunda Guerra, vimos que, quando vivida na gestação, a fome tem efeitos para o resto da vida: os holandeses que nasceram naquela época viviam % a menos, tinham mais esquizofrenia e doenças metabólicas , afirma Arns Neumann.